46º festival de folclore Nossa bandeira é a diversidade! 13 a 29 de Julho de 2018

Grupos confirmados 2017

2017:

Academia Tchon Ji - Taekwondo e Hapkido
A entidade já atua há mais de 25 anos na cidade e pelo menos há 08 anos participa no Festival Internacional de Folclore com suas apresentações que mesclam as técnicas de artes marciais do Taekwondo e Hapkido com a dança.
Ballerin Cia de Dança
A Ballerin Cia de Dança foi idealizada há oito anos atrás pela bailarina e coreógrafa Fernanda de Christo. Atualmente possui sede nas cidade de Nova Petrópolis e Dois Irmãos, e também desenvolve um trabalho na cidade de Picada Café. Visando sempre um trabalho sério e de responsabilidade técnica com seus alunos.
A escola acredita que a dança possa ser ensinada através de uma didática ampla que abrange diversas manifestações corporais e artísticas, defendendo o método integrado de linguagens e manifestações artísticas.
Ballet clássico, dança contemporânea, dança do ventre e dança de salão são as modalidades que irão compor a apresentação da Cia nesta edição do Festival Internacional de Folclore.
Ballet Candice Assmann
O Ballet Candice Assmann foi fundado em março de 1996 na cidade de Feliz Rs, pela bailarina, professora e coreógrafa Candice Assmann, hoje está presente em mais de 10 municípios do Vale do Caí e aqui em Nova Petrópolis desde o ano de 2012, atuando junto à academia Corpo e Mente.
A Escola participa anualmente de Festivais de nível nacional e internacional, sempre conquistando premiações importantes.
Atualmente a bailarina Fernanda Martiny aluna do Ballet Candice Assmann desde os 3 anos de idade é bailarina contratada pelo Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Vitória Martiny também aluna com formação em nossa escola esteve participando do American Academy of Ballet em Nova York, em julho deste ano, lá conquistou primeiro lugar com a Coreografia Swanilda .
O Ballet Candice Assmann oferece aulas de ballet clássico para crianças, jovens e adultos que queiram fazer da dança um momento de lazer e aprendizado, assim como queiram fazer da dança sua profissão.
Durante o ano promove espetáculos junto ao Festival do Folclore e no final de cada ano, com temática específica englobando todos os alunos da escola. É um momento de grande congraçamento, aprendizado e uma forma de premiação pelo trabalho realizado durante o ano por cada aluno.
Böhmerlandtanzgruppe - Nova Petrópolis
A partir de 1858, Linha Imperial passou a ser colonizada por imigrantes vindos das mais diversas regiões do Império austro-húngaro. Em 1872 o número de imigrantes cresceu. Chegavam os boêmios, que deixaram para trás sua terra natal para construírem aqui a sua nova pátria.

Procurando preservar cada vez mais os costumes e tradições deixadas pelos antepassados, surgiu em 1987 o Böhmerlandtanzgruppe – que significa “Grupo de Danças Terra da Boêmia” (atual República Tcheca).

Em 29 anos de existência, o grupo já se apresentou em diversas cidades do Rio Grande do Sul e também nos Estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, além de apresentar-se em outros países com Argentina, Estados Unidos, Canadá, Alemanha e República Tcheca.

Com diversos projetos iniciados, o Böhmerlandtanzgruppe resgata a memória de sua localidade em trabalhos como “Relembrando Linha Imperial”, Noites Culturais e o “Café com Cultura”, onde as pessoas tomam um delicioso café colonial assistindo a diversas atrações culturais.

Desde 1989, o Grupo faz parte da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis. Atualmente, o Grupo está sob a coordenação geral de Paulo César Soares e conta com as categorias mirim, infantil e adulto, totalizando 70 integrantes.
Centro Cultural de Capoeira Timbalauê
O Grupo foi fundado em 2015,pelo mestre Mineiro aonde conta com dois mestrando,um professor,dois instrutores e dois monitores total estimado de alunos 200.
O Mestre trabalha nos colégios da cidade de Nova Petrópolis.
O Centro Cultural de capoeira Timbalauê situa nas cidades de Igrejinha,Taquara,Canoas e no Uruguai.
Cia Essência Oriental
CTG Pousada da Serra
Danças Criativas Regina Nienow
Este grupo iniciou as atividades em 2003, quando a Professora Regina Nienow, iniciou seu trabalho em Nova Petrópolis e em cidades vizinhas. Atualmente, o Grupo de Danças Criativas se diversificou em matéria de estilos, oferecendo a comunidade de Nova Petrópolis ballet, jazz e zumba a várias faixas etárias.
Todo o ano participa dos principais eventos da região, como o Festival Internacional de Folclore, Natal de Cores, Noite dos Talentos, Feiras do Livro, entre outros.
Independente do estilo da dança, nós procuramos dar vida à música através de coreografias próprias, superando nossos próprios limites e emocionando o público sem dizer uma única palavra.
Edelweiss Tanzgruppe - Nova Petrópolis
O grupo Edelweiss Tanzgruppe, representa a localidade de Linha Araripe, da cidade de Nova Petrópolis- RS.
Fundado no dia 25 de setembro de 2008, com as categorias fraldinhas,mirim, infantil e infanto juvenil.
Edelweiss Significa "Branco precioso", é uma flor cuja símbolo representa o supremo talismã do amor, ela é encontrada o auto das montanhas nas regiões mais frias da Alemanha, Suíça, frança e Itália. A flor Edelweiss também foi a simbologia inspiradora dos amores, de príncipe e princesas.
O Grupo Edelweiss Tanzgruppe representa a Localidade de Linha Araripe, o nome Linha Araripe, foi dado pelo Medidor e responsável pela abertura de caminho da colônias, em homenagem ao Coronel Araripe, que era um defensor da corte do Imperador Dom Pedro II, a localidade de Linha Araripe foi colonizada a partir de 1876, por imigrantes provenientes de vários estados europeus, da sua maioria vindos da Boêmia, alguns pomeranos e Saxões.
O grupo representa a cidade de Miesbach localizada na alta Baviera, nos arredores de Monique. O traje usado representa Miesbach Tracht. Muito difundido na Baviera e tem como referencia e que surgiu entorno de 1900, com o crescimento das comunidades de trajes da região da Baviera, grupando vários correntes históricas da região. É Caracterizado pela utilização de calça de couro (não temos no grupo), ideias para dança de sapateado, além e as flores nos vestidos das moças deixando mais belo e delicado.
E tem como finalidade a preservação da cultura deixada pelos nossos antepassados e continuar a escrever a nossa própria história. Dançar e colocar um traje típico não é apenas representar uma cultura mais sim é uma mistura de emoções que realizamos com o coração e gratidão aos nossos antepassados que ajudaram a construir nosso país. O grupo conta o apoio fundamental dos pais de seus integrantes!
Grupo de Dança Passo a Passo
Este grupo iniciou as atividades em agosto de 1983, quando a Professora Yedda Leão Michaelsen, natural de Porto Alegre, iniciou seu trabalho em Nova Petrópolis.
Com diversos de grupos de ballet, jazz e dança contemporânea iniciava a trajetória do Passo a Passo, atendendo a um público variado e de diferentes faixas etárias. Trabalhando diversas técnicas de dança, desde a baby class para crianças a partir de 3 anos.
Para 2017 o grupo pretende levar ao palco do Festival, uma homenagem aos 45 anos do mesmo.
Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Sol Nascente
O Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Sol Nascente, da APAE de Nova Petrópolis foi fundado no dia 25 de agosto de 1996. Faz 21 anos que a APAE desenvolve um intenso trabalho pedagógico e participa todos os anos no Festival Internacional de Folclore. Seus dançarinos apresentam exemplos de superação, entusiasmo e amor pela dança.
Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Sonnenschein - Nova Petrópolis
A palavra “Sonnenschein”, em alemão, significa “brilho do sol”. O Grupo foi fundado em 20 de julho de 1990. Nascia, em Nova Petrópolis, na localidade de Linha Brasil, um grupo de danças alemãs, formado por estudantes do Colégio Agrícola Bom Pastor. Coordenado pela Senhora Gisela Evers Krick, uma mulher que acreditava na preservação cultural por meio da dança, o grupo passou por inúmeras dificuldades, porém sempre perseverou, usando como ferramenta a sua alegria e o seu desejo de continuar a trilhar os passos demarcados por Gisela.
Inicialmente, o grupo representava apenas a localidade da Linha Brasil. Com o passar dos anos, o grupo foi aumentando e sentiu-se a necessidade de unir as duas comunidades em que moravam os integrantes. Sendo assim, passou a representar as comunidades de Linha Brasil e Linha Araripe, localidades vizinhas e ambas localizadas no interior de Nova Petrópolis.
As comunidades foram colonizadas por volta de 1870, por imigrantes vindos da região do Hunsrück e também da Boêmia (região do atual território da República Tcheca). Incorporam no repertório do grupo, danças oriundas destas regiões e de outras tantas da Alemanha, República Tcheca e de outros países da Europa. Em homenagem à determinação e coragem dos primeiros imigrantes, que construíram aqui o seu novo “Heimat”, preservam a herança cultural dos seus antepassados através da dança folclórica. Além disso, o grupo cria coreografias próprias, prestando homenagens a momentos festivos das comunidades que representa, bem como de outros eventos dos quais participa, demonstrando a alegria de dançar e traduzir a tradição germânica.
Atualmente, desenvolve suas atividades nas dependências da Sociedade Cultural e Esportiva Linha Araripe. O grupo conta com a participação de 36 integrantes na categoria adulta e 33 nas categorias mirim e infantil. É um grupo de amigos, que tem como objetivo “manter vivas as tradições de seus antepassados e continuar a escrever a sua própria história”.
Nas danças, procuram lembrar suas origens com muita alegria, orgulho e satisfação. Acreditam que um povo que não cultiva as suas tradições, tende a desaparecer por falta de identidade cultural. Cultivam a dança por ser uma das formas de expressão cultural mais autêntica de um povo.
Grupo de Danças Folclóricas Internacional - Nova Petrópolis
Fundado em 1970, o grupo se caracteriza por apresentar folclore de diversas partes do mundo.
Lustige Volkstanzgruppe Bergtal - Nova Petrópolis
Conhecer para preservar, foi com esse ideal que em 1995 a professora Silvia Drumm, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, reuniu seus alunos e iniciou aulas de danças folclóricas alemãs em São José do Caí.
A semente lançada rapidamente frutificou, tanto que em abril de 1996, um grupo de jovens da localidade interessou-se pelas danças, como forma de entretenimento e lazer, iniciando-se as-sim os primeiros ensaios na Sociedade Cultural e Esportiva Lyra, ministrados pela professora e componente Silvia Drumm Kich.
Formaram-se as categorias Adulto e Infantil, porém não mais vinculados á escola, mas re-presentando um grupo folclórico e a localidade de São José do Caí, situada nas margens do Rio Caí, povoada e colonizada por imigrantes pomeranos. Passos lentos e seguros foram dados, trajes simples, á moda folclórica foram confeccionados e a cada nova etapa vimos que a dança, além de entretenimento e lazer, abriu portas para o resgate e a preservação da história, da nossa identidade e a cultura dos nossos antepassados até a atualidade.
O nome do grupo significa: LUSTIGE: animado; VOLKSTANZGRUPPE: grupo de danças folclóricas; BERGTAL: vale entre morros, assim somos um animado grupo de danças folclóricas que fica situado no vale do belíssimo Rio Caí.
O Bergtal está filiado a duas associações: Associação Cultural de Gramado (ACG) - que realizam cursos de danças folclóricas, músicas e elaboram material didático para as danças folcló-ricas - e Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis (AGDFANP).
Os componentes mostram-se compromissados e participativos em tudo que se refere ao grupo. Em 2002 inauguramos o 1º traje oficial do grupo de danças, o traje é pomerano, da região de Belbuck, Pomerânia Oriental, pertencente atualmente á Polônia. A região de Belbuck asseme-lha-se com a do Vale do Caí, terras muito férteis e seus habitantes tinham como base econômica a agricultura.
Durante os 19 anos de grupo, inúmeras apresentações foram realizadas, pelas categorias adulto e infantil, em eventos: locais, municipais, estaduais, nacionais (Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais) e componentes do grupo também já foram para Portugal e Argentina divulgar o nosso folclore. Inúmeras amizades foram cultivadas, ampliando assim a Família Bergtal, é assim que nos sentimos uma família que partilha alegrias e dificuldades, onde todos se sentem bem em dar sua parcela de colaboração para a preservação da nossa identidade e onde diferenças são res-peitadas.
Atualmente o grupo continua realizando seus ensaios na Associação Cultural e Esportiva Lyra, onde os ensaios da categoria juvenil e adulto são ministrados por Silvia Drumm Kich e por integrantes que realizaram o curso na ACG. O grupo possui 30 dançarinos no total. Nestes anos de atividades não podemos deixar de citar, o apoio e a colaboração da comunidade e dos pais de inte-grantes que são imprescindíveis para a manutenção e continuidade das atividades como grupo fol-clórico, pois hoje conhecemos muito mais a nossa história e a nossa identidade e concordamos com o seguinte provérbio: Povo sem passado (sem identidade) é um povo sem história e quem não tem história não é lembrado.
Schützenhaus Tanzgruppe - Nova Petrópolis
Fundado em 1993.
Volkstanzgruppe Edelstein - Nova Petrópolis
Fundado em 17/08/1994, tem como objetivo preservar e difundir a cultura germânica na cidade e região. Possui as categorias adulto e mirim/infantil.
Volkstanzgruppe Freundschaftskreis - Nova Petrópolis
O Grupo de Danças Folclóricas Círculo da Amizade foi fundado em 13 de julho de 1992, na localidade de Vila Olinda, sob iniciativa de Yedda e Jorge Michaelsen.
Formado por um grupo de amigos, descendentes de alemães, o grupo tem por objetivo resgatar a herança cultural de seus antepassados. Neste sentido, desenvolve um minucioso trabalho de pesquisa das coreografias e trajes apresentados, como também um intercâmbio com grupos folclóricos de diferentes regiões da Alemanha. Querendo desta forma, cultivar e divulgar o folclore, para manter viva a tradição e a identidade cultural de cada um de seus integrantes.
O grupo representa a localidade de Vila Olinda, que se caracteriza por ter recebido imigrantes de diversas regiões da Alemanha, servindo como elo de ligação de pontos de colonização mais antiga com o centro.
Em 1996, 2011 e 2015, o grupo realizou turnês por várias cidades da Alemanha, com repertório de danças alemãs, gaúchas e brasileiras, levando e divulgando a cultura local para o exterior.
Atualmente, o Grupo de Danças Folclóricas Círculo da Amizade (Volkstanzgruppe Freundschaftskreis) é divido em duas categorias: adulto e infantil, sempre incentivando os pequenos a participarem, ensinando a eles, além da dança folclórica, o cultivo e amor às tradições, com o objetivo de manter viva a identidade cultural local, contribuindo com a riqueza da diversidade que é o Brasil.
Volkstanzgruppe Tannenwald - Nova Petrópolis
Grupo com mais de 30 anos de história. Em seu repertório constam danças com música ao vivo, teatro e canto.
Preserva fortemente a cultura alemã na comunidade.
Lema: Conhecer e divulgar para preservar a tradição alemã.
Patrocínios