Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apresentam:
Logotipo
Rainhas O tempo da diversidade chegou

Aguarde nova data

O tempo da diversidade chegou

Aguarde nova data

Rainhas
Festival de Folclore

Grupos Nacionais

Balé Popular Terras Potiguares

De onde vem o grupo?
Rio Grande do Norte

O Balé Popular Terras Potiguares surgiu em junho de 2010, apresentando como sua primeira montagem cênica as danças e brincadeiras do Pastoril. Sendo assim uma opção cultural para os Jovens de nosso Município. Tendo em vista o imenso potencial artístico do mesmo, o grupo expandiu seu trabalho e hoje conta com 35 componentes que elaboram 7 Sequências Folclóricas, envolvendo DANÇA, MÚSICA E TEATRO. São elas: O auto do Boi de Reis, dança do Pastoril,Rei de Congo, Sequencia nordestina de danças de salão, espetáculo praieiro, espetáculo Paraense.

Entre a Diversidade de manifestações populares do Nordeste que o Balé Popular Terras Potiguares pesquisa e apresenta, o seu grande destaque esta nas danças e cantos do Folclore Norte – Riograndense, como seu nome mesmo sugere.

Sediado no Município de Passa e Fica/RN, na região Agreste Potiguar, difunde através da arte, o legado cultural deixado pelas três matrizes que formam a base do nosso país. O Grupo é acompanhado de uma banda regional: sanfona, violão, zabumbas, ganzá, alfaias e etc. Sempre trabalhando em cima do som autêntico de cada folguedo e as coreografias são trabalhadas conforme o folclore de raiz do Rio Grande do Norte.


Grupo de Tradições Folclóricas FITAS

De onde vem o grupo?
Minas Gerais

Fundado em 2005 em Montes Claros, no Norte de Minas, o Fitas – Grupo de Tradições Folclóricas tem o objetivo de resgatar, celebrar e divulgar a riqueza do folclore popular brasileiro e, em especial, do norte-mineiro, através de danças, músicas, vestimentas e poesia.
 
O Fitas realiza um permanente trabalho de pesquisa cultural e de criação artística, estudando e reinterpretando manifestações culturais tradicionais dos quatro cantos do Brasil

Nesses quinze anos de estrada, o Fitas já se apresentou em diversas cidades e festivais de Minas, do Brasil e da América Latina, levando as cores, a beleza e as tradições do folclore regional e nacional. 

Parceiro do Colégio Marista São José de Montes Claros, o grupo conta com a participação de dançarinos e músicos de variadas idades e áreas de formação; admiradores da cultura engajados na missão de aprender, ensinar e divertir através da arte.


Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra

De onde vem o grupo?
Paraíba

O Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra foi fundado em 01 de maio de 1986 em Campina Grande - PB. Apresenta os espetáculo "Raízes do Brasil" e "È Carnaval" além de muitos outros, com a finalidade de difundir de forma primordial a cultura brasileira, com seus costumes, danças e músicas tradicional regionalista. Participou de diversos festivais internacionais de folclore na Europa e no Brasil, regionais e locais à convite do CIOFF e PRO-LOCO. Em Agrigento, na ilha da Sicília, Itália, participou da abertura do Mundial de Ciclismo, realizado no dia 27 de agosto de 1994. Em Marconia Itália, recebeu o prêmio de 1º lugar do festival italiano. Em 2000, 1º lugar do Troféu Imprensa da Paraíba, promovido pelo Sindicato Profissional dos Jornalistas da Paraíba.


Grupo Folclórico Brasil Central

De onde vem o grupo?
Goiás

O Grupo Folclórico Brasil Central é uma iniciativa de projetar o patrimônio cultural goiano, integrando as diversas manifestações artísticas, tais como teatro, dança e música.


Grupo Folclórico Vitória Régia do Pantanal

De onde vem o grupo?
Mato Grosso

Nome: Vitoria Regia a Deusa do Pantanal.

Justificativa: é uma lenda brasileira de origem tupi guarani. Considerada a rainha das flores aquáticas e' encontrada em nosso pantanal. A sua folha verde pode suportar um peso de quarenta quilos e a sua flor branca se abra ao cair da tarde, perfumando o ar um espetáculo que dura apenas duas noites. A flor vitoria regia é a transformação de um índio guerreiro, forte e poderoso fez de uma índia em uma estrela das águas uma flor que semeia rainha das fores aquáticas, transformando-a na rainha vegetal.


Grupo Parafolclórico Frutos da Terra

De onde vem o grupo?
São Paulo

O intuito do Grupo Frutos da Terra é o de transmitir para as pessoas, sem distinção de raça, cor ou nível social, a rica cultura que o Brasil possui, contribuindo para sua formação moral, social e intelectual, e despertando grande interesse dos participantes para atividades artísticas.


Grupo Parafolclórico Frutos do Pará

De onde vem o grupo?
Pará

O Frutos do Pará, tem 28 anos, e faz parte da Associação “Grupo Cultural Francisco Oliveira”, hoje “Ponto de Cultura Heranças do Velho Chico".


Grupo Parafolclórico Jacoca

De onde vem o grupo?
Paraíba

O Grupo Jacoca é um dos maiores representantes da cultura parafolclórica do Brasil, dedicando-se a pesquisar, preservar e divulgar as danças e os cantos folclóricos nordestinos e nacionais. Em atividade desde 2001, o Grupo recebeu Prêmios culturais dos mais diversos, além de menções da crítica especializada. É reconhecido no Brasil pela sua dedicação em preservar a cultura raiz, ou verdadeira cultura popular brasileira. 
Foi dado ao grupo o nome Jacoca, por existir uma lenda, no Município de Conde, na qual uma índia e um índio que se conheceram as margens do Rio e se apaixonaram. Por serem de tribos diferentes, tiverem seu amor proibido. 
O Grupo Participou e se Destacou nos principais eventos da Cultura Nacional e Mundial.


Grupo Parafolclórico Pôr do Sol

De onde vem o grupo?
Paraná

Fundado em 2002, o Grupo Partafolclórico Pôr do Sol, nasceu com o objetivo de pesquisar e reproduzir as danças típicas paranaenses. Sempre com a preocupação de mostrar as tradições de nosso povo com a máxima autenticidade, suas pesquisas se direcionaram principalmente para o litoral do Estado, onde se concentra a maioria das manifestações do Paraná. Já em 2003 o grupo viajou com pesquisadores, músicos e dançarinos para a cidade de Paranaguá para coletar informações e manter intercâmbio com os grupos locais.

Além do Fandango do Paraná, ( conjunto de danças, chamadas de marcas), algumas bailadas e outras sapateadasa com tamancos de madeira, o Pôr do Sol, apresenta outras danças alusivas ao Estado do Paraná, tais como: Gralha Azul. Barreado, Colheita do Café, Cuá-Fubá, entre outras. O grupo também apresenta o Auto do "Boi de Mamão" tradição tipicamente catarinense mas, que chegou ao litoral paranaense, onde temos alguns Grupos de Boi.

A partir de 2005, passou a pesquisar e preproduzir com a mesma desenvoltura, danças e folguedos de todas as regiões brasileiras. Desde então, seu repertório aumentou consideravelmente e hoje é possível conhecer muito da Cultura Popular Brasileira através de suas apresentações.

Foi reconhecido de Utilidade Pública pela Lei Municipal 427 de 18 de março de 2009 por desenvolver um relevante papel de resgate e divulgação das tradições do povo brasileiro.

O grupo tem representado Quinta do Sol e o Estado do Paraná em Festivais por vários Estados e também em outros do países.


Grupo Polonês Orzel Bialy

De onde vem o grupo?
Santa Catarina

Fundado no ano de 1975, por um grupo de descendente de imigrantes poloneses. Inicialmente Estes se reuniam para relembrar cânticos populares e religiosos ensinados pelos imigrantes.

Herdeiros de toda essa riqueza cultural a Sociedade mantém o Grupo Folclórico Polonês Orzel Bialy, que foi fundado no ano de 1979 em virtude das comemorações do centenário de colonização do município de Criciúma.

Com o objetivo de preservar a cultura polonesa e a história de seu povo, através do seu rico folclore que se expressa de forma mais vibrante por meio da dança, integrando os jovens, socializando-os por meio de uma atividade que propicia o enriquecimento cultural e a abrilhantação de eventos.Em suas apresentações folclóricas faz um passeio por meio de diversos trajes e das danças nacionais e regionais da velha Polônia.


Grupo Sarandeiros

De onde vem o grupo?
Minas Gerais

               Fundado em 1980, o Grupo Sarandeiros é considerado um dos maiores grupos de dança no Brasil voltado para a divulgação da cultura nacional, contando com vasto figurino e materiais cênicos, que caracterizam seus espetáculos e as suas coreografias. O repertório do grupo traduz, por meio de seus shows, a impressionante diversidade cultural de todo o país. O Sarandeiros justifica seu trabalho por ser um grupo que valoriza e divulga, por meio da arte, a cultura popular brasileira expressa na dança e na música. O grupo apresenta parceria institucional com a Universidade Federal de Minas Gerais, uma das maiores do Brasil.


Índios Pataxós da Aldeia da Coroa Vermelha

De onde vem o grupo?
Bahia

Trazem novamente a Nova Petrópolis a rica cultura indígena por meio da dança e do artesanato da Aldeia da Coroa Vermelha.


Txai Cia de Danças Populares

De onde vem o grupo?
Ceará

Fundada 11 de Setembro de 1999.  Hoje com mais de 30 integrantes, entre músicos e bailarinos, foi criada com o objetivo de pesquisar e desenvolver os diversos aspectos da cultura popular brasileira. Acreditando na pesquisa como fonte histórica de informações, tem ainda, como veia, tudo o que se diz respeito ao folclore (nacional e internacional).

Valorizando o talento dos nossos artistas da terra, a Companhia de Danças Populares Txai tornou-se um dos principais atrativos turísticos de Fortaleza - CE, realizando trabalhos em todos os meios artísticos, como congressos, casa de shows, convenções, workshop, festas, atividades em colégio e ainda dedicando-se a eventos beneficentes e outras manifestações populares.
Entre inúmeras pesquisas, oficinas de arte, estudos bibliográficos e dinâmicas de grupo para informar, debater, desenvolver e descobrir outros meios de lidar com a cultura popular, tem no seu repertório a montagem dos espetáculos Uma Metade de Mim, Dançando Nordeste, Ceará: Nossa arte nossa cultura, Alma Nordestina, Vida de Negro, Nos Ritmos do Ceará e Raça Brasil.