Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apresentam:
Logotipo
Rainhas O tempo da diversidade chegou

Aguarde nova data

O tempo da diversidade chegou

Aguarde nova data

Rainhas
Festival de Folclore Notícias
09/04/2018

Conheça as candidatas a Soberanas do Folclore Alemão de Nova Petrópolis

Baile de Escolha da Rainha e Princesas será realizado no dia 28 de abril

COMPARTILHAR GALERIA
O 31º Baile de Escolha das Soberanas do Folclore Alemão ocorre dia 28 de abril, na Sociedade Cultural e Recreativa Tiro ao Alvo, no Centro de Nova Petrópolis, a partir das 20h. A animação do evento ficará por conta da Super Banda Real. Cinco candidatas concorrem ao título de Rainha e Princesas do Folclore Alemão. A corte escolhida irá representar o maior evento cultural da Serra Gaúcha, o 46º Festival Internacional de Folclore, que ocorre de 13 a 29 de julho de 2018, em Nova Petrópolis. Segundo a Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis (AGDFA-NP), o ingresso somente para o baile custará R$ 15 e será vendido no local. O cartão para o jantar e baile será vendido ao valor de R$ 35, antecipadamente, com os integrantes dos grupos folclóricos. O jantar será servido a partir das 19h. Morgana Neumann, do Böhmerlandtanzgruppe, de Linha Imperial; Laura Schmitt, do Volkstanzgruppe Freundschftskreis, da Vila Olinda; Stéfani Gregórius, do Grupo de Danças Folclóricas Sonnenschein, da Linha Brasil e Linha Araripe; Ingrid Machado, do Grupo de Danças Folclóricas Internacional de Nova Petrópolis, do Centro e Eduarda Weschenfelder, do Volkstanzgruppe Edelstein, da Fazenda Pirajá concorrem à corte. O 46º Festival Internacional de Folclore ocorre de 13 a 29 de julho de 2018, em Nova Petrópolis. O evento é uma realização da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs (AGDFA-NP) e Prefeitura de Nova Petrópolis. Mais informações pelo fone (54) 3281-4064 e e-mail festivaldefolclore@novapetropolis.rs.gov.br. Para mais notícias sobre Nova Petrópolis acesse o site oficial do Município, www.novapetropolis.rs.gov.br. Na página oficial do facebook da Prefeitura de Nova Petrópolis, facebook.com/novapetropolisrs, encontre informações atualizadas, fotos e vídeos das ações realizadas pela Administração Municipal. Conheça as candidatas a Soberanas do Folclore Alemão: Nome: Morgana Neumann Idade: 22 anos Grupo: Böhmerlandtanzgruppe Tempo de grupo: 17 anos Dança: Okolo Chrudimě Hobby: Confraternizar com a família, estar com os amigos, dançar, viajar e curtir a natureza. Porque deseja ser soberana do Folclore: “Desejo ser soberana do Folclore para propagar a história de nossos antepassados e enaltecer os seus feitos. E assim, através do Festival Internacional de Folclore, disseminar a cultura de Nova Petrópolis e irradiar a riqueza da diversidade cultural presente no Festival.” Nome: Laura Elisa Schmitt Idade: 25 anos Grupo: Volkstanzgruppe Freundschaftskreis Tempo de grupo: 1 ano Dança: FeuerFest Hobby: Viajar, estar em família e/ou amigos, assistir filmes/séries, tomar chimarrão. Porque deseja ser soberana do Folclore: “Desejo ser soberana do Folclore para poder representar e divulgar ainda mais a cultura da nossa cidade e assim continuar preservando e enaltecendo os ensinamentos trazidos pelos nossos antepassados. Será uma honra imensurável poder representar a cidade que eu escolhi viver e levar a cultura que temos aqui para todos os lugares e também poder interligar com as diversas culturas que temos espalhadas no estado, país e mundo, através do belíssimo Festival Internacional de Folclore.” Nome: Stéfani Wiltgen Gregórius Idade: 19 anos Grupo: Grupo de Danças Folclóricas Sonnenschein Tempo de grupo: 4 anos Dança: Rheinländer Hobby: Estudar a vida e eternizar cada momento que ela me proporciona Porque deseja ser soberana do Folclore: “Desejo ser soberana para poder carregar com muito orgulho a história de meu povo, a rica descendência germânica que se encontra espalhada por todo nosso território. Ser soberana me dará a oportunidade de conhecer diferentes povos que nos visitam através do vibrante Festival, considerado um dos maiores eventos culturais do mundo. Assim, poderei participar de maneira mais intensa do rico e colorido mundo do folclore, onde ocorre a integração da gastronomia, do artesanato, da dança e do teatro. Tudo isso estimula o meu sonho de ser Soberana do Folclore Alemão de Nova Petrópolis e é o que preenche meu coração de orgulho, alegria e muito amor!” Nome: Ingrid Machado Idade: 18 anos Grupo: Grupo de Danças Folclóricas Internacional da Sede Tempo de grupo: 9 anos Dança: Linksmapolke Hobby: Dançar, cantar e ler Porque deseja ser soberana do Folclore: “Posso resumir esta pergunta em uma única frase, apenas: “amor à cultura”. Desde os meus quatro anos de idade, quando tive o primeiro contato com o incrível mundo da dança através da Rainha do Folclore Alemão daquele ano, aquilo me despertou um sonho que hoje estou tendo a oportunidade de realizar. Desde pequena, preservar a cultura e as tradições locais foi e continua sendo algo muito intenso e prazeroso. O elo que criei com a dança e, respectivamente, seu folclore desde então, se tornou algo inseparável, tanto que até hoje a cada vez que subo em um palco para dançar, sinto a mesma emoção e alegria como se fosse a primeira vez, sempre. Quero poder retribuir todo o aprendizado que este mundo me proporcionou. Quero contribuir um pouco mais na divulgação do nosso maior evento cultural de Nova Petrópolis, que é o Festival Internacional de Folclore, evento que procura unir e integrar as mais diversas manifestações culturais vindas de todos os cantos do mundo. Quero representar o evento que tanto amo e a cidade que tanto admiro, realizando, então, um dos meus grandes sonhos de vida.” Nome: Eduarda Francine Weschenfelder Idade: 23 anos Grupo: Volkstanzgruppe Edelstein Tempo de grupo: 1 ano Dança: Sieberbürger Heimattag Hobby: Dançar, ler, ir ao cinema e desfrutar da companhia dos amigos e da família. Porque deseja ser soberana do Folclore: “Desejo ser soberana do folclore para representar não somente a minha cultura, mas também a minha cidade e a diversidade que ela abriga. É uma das formas de valorizar os desafios enfrentados pelos nossos antepassados, que se dedicaram em prol da Nova Petrópolis que desfrutamos hoje. Além disso, representar a minha origem é levar muito mais do que traços germânicos no rosto, é poder tocar a alma e o coração das pessoas através da expressão da arte.” CRÉDITOS DAS FOTOS: Divulgação