Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apresentam:
Logotipo

ESPERAMOS POR VOCÊ

19 de Julho a 04 de Agosto de 2024

Rua Coberta|Nova Petrópolis

Festival de Folclore

Grupos Locais

Böhmerlandtanzgruppe

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

A partir de 1858, Linha Imperial passou a ser colonizada por imigrantes vindos das mais diversas regiões do Império Austríaco e da Confederação dos Estados Germânicos. Em 1872 o número de imigrantes cresceu. Chegavam os boêmios, que deixaram para trás sua terra natal para construírem em Nova Petrópolis a sua nova pátria. Procurando preservar cada vez mais os costumes e tradições deixadas pelos antepassados, surgiu em 1987 o Böhmerlandtanzgruppe – que significa “Grupo de Danças Terra da Boêmia” (atual República Tcheca).

Em 34 anos de existência, o grupo já se apresentou em diversas cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Ceará. Também em outros países com Argentina, Estados Unidos, Canadá, Alemanha e República Tcheca. Com diversos projetos iniciados, o Böhmerlandtanzgruppe preserva a memória de sua localidade em trabalhos como “Relembrando Linha Imperial”, Noites Culturais, Baile de Chopp e o “Café com Cultura”.

Desde 1989, o Grupo faz parte da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis. Atualmente, o Grupo está sob a presidência de Cleiton Ismael Spengler e conta com as categorias fraldinha, mirim, infantil, juvenil e adulto, totalizando cerca de 120 integrantes. O Grupo caracteriza-se pela alegria, vontade firme de aprender e empenho em dar continuidade ao seu trabalho, uma vez que os próprios integrantes são responsáveis por ensinar e coordenar o grupo das crianças. 

Os trajes usados são confeccionados após rigorosa pesquisa e são característicos de algumas regiões da Boêmia como Böhmerwald, Egerland, Haid e Kreis Pilsen. O Grupo tem no seu repertório danças germânicas e poutporris montados pelos próprios integrantes que contam a história da Linha Imperial, bem como a história dos imigrantes na antiga Pátria. 

O Böhmerlandtanzgruppe procura divulgar a preservação histórico-cultural que realiza como forma de homenagear os antepassados, vivendo hoje um pouco do que eles viveram, pois o legado e a dedicação por essa terra foram transmitidos de geração em geração com o amor e a alegria desse povo. O grupo preza pela valorização dos seus antecessores, uma vez que os mesmos são responsáveis pela construção da localidade que o grupo hoje representa. Assim se mantém vivas as tradições e mais que isso, as celebra a cada dia.


CTG Pousada da Serra

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

Fundado no ano de 1983, o CTG Pousada da Serra é uma entidade tradicionalista que busca preservar o folclore e a tradição gaúcha em Nova Petrópolis. Seus departamentos campeiro, artístico e cultural desenvolvem atividades baseadas na cultura riograndense e promovem o desenvolvimento do cidadão no meio cultural. Os grupos de danças da Invernada Artística executam as danças tradicionais gaúchas baseadas na literatura oficial do Movimento Tradicionalista e retratam momentos da história gaúcha através dos temas de entrada e saída, que trazem para o palco a verdadeira essência do homem campeiro do sul do Brasil.


Grupo de Danças Folclóricas Internacional

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O Grupo de Danças Folclóricas Internacional de Nova Petrópolis foi fundado em julho de 1970, por Annemarie Frank e ficou sob sua coordenação até o ano de 1975, quando a mesma voltou para a Alemanha, seu país de origem. Em março de 1976, por convite dos integrantes do grupo, a senhora Irmgard Schuch assumiu a coordenação. Atualmente, a categoria adulta do grupo é coordenada por Carlos Weimer e Vinícius Hillebrand Andriola e as categorias de base por Ketrin Ananda Kich, Thaís Sofia Paetzinger e Edineia Werner. 
Visando resgatar as tradições de diversas etnias e erradicar preconceitos culturais, o grupo apresenta danças de diversos países, tais como Grécia, Israel, Alemanha, Bulgária, Estônia, Lituânia, Rússia, França, Itália, entre muitos outros. Através dos trajes típicos, cada casal representa um país diferente e também uma região distinta da Alemanha. 
O grupo conta com quatro categorias e mais de 70 integrantes, preservando a cultura, a tradição e a história dos antepassados através da dança. O Internacional é um dos sete grupos que compõe a Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis e integra e representa o Departamento Cultural da Sociedade Cultural e Recreativa Tiro ao Alvo.
A trajetória do grupo, nesses 51 anos de história, já percorreu diversos estados e países, com integrantes tendo se apresentado na Argentina, no Japão e em alguns países da Europa. É com muito orgulho que o grupo resgata e dissemina suas atividades culturais por onde passa, sempre buscando preservar a identidade que constituiu o povo brasileiro: a diversidade cultural.


Grupo de Danças Folclóricas Sonnenschein

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O Grupo de Danças Folclóricas Sonnenschein de Linha Brasil e Linha Araripe – Nova Petrópolis/RS - foi fundado em 20 de julho de 1990, pela senhora Gisela Evers Krick com o auxílio de três mães da comunidade: Cilene Marli Castilhos dos Reis, Sidonia Roloff e Hedwig Elisabetha Seefeld. O nome Sonnenschein significa “Brilho do Sol” e o objetivo do grupo é preservar a herança cultural, através de danças folclóricas, para a posteridade, em uma homenagem à determinação e coragem dos imigrantes boêmios que na Linha Brasil e na Linha Araripe construíram a sua nova pátria. O Sonnenschein que iniciou as suas atividades de forma muito humilde na Escola Bom Pastor (na época chamado de Colégio Agrícola Bom Pastor), surge agarrado ao pensamento de que a educação é o principal pilar na formação dos jovens, e com isso colabora na formação de uma sociedade justa e de seres humanos íntegros. Desde o início possuiu grande incentivo não somente da escola onde foi fundado, mas também da Sociedade Cultural e Esportiva Linha Brasil e da Comunidade Evangélica Luterana da Linha Brasil.

Interpretar danças com alegria e muito orgulho é uma das características mais marcantes do grupo, que possui a amizade como sua maior engrenagem. Animação e empolgação tanto em apresentações como ensaios sempre foram elementos muito presentes no G. D. F. Sonnenschein, e isso colaborou para que novos integrantes procurassem o grupo a cada ano. Por isso, com o passar do tempo e o aumento de dançarinos, o grupo teve que mudar os ensaios para um local maior, da Escola Bom Pastor, passou para o Lar das Senhoras e posteriormente para a Sociedade da Linha Brasil. Além disso, de 1990 até 2011, o Sonnenschein era conhecido como Grupo Folclórico da Localidade da Linha Brasil, mas como muitos integrantes sempre foram da Linha Araripe, em 2012 as duas comunidades se uniram e o grupo passou a representar ambas.

O trabalho voluntário e comunitário foi o que deu início ao G. D. F. Sonnenschein, e a partir de então, a história do grupo nunca mais parou, e o significado do nome carregado, o Brilho do Sol, assegurou a permanência de um brilho singular por todos os anos que se passaram a partir da data de fundação. Desde 2014 o grupo vem trabalhando de forma árdua na promoção de eventos junto à comunidade e desde 2015, anualmente, prepara espetáculos de dança e teatro. Atualmente o grupo conta com mais de 90 integrantes entre as categorias: adulto, infato-juvenil, infantil, mirim e fraldinha. Possui trajes que representam as regiões boêmias do Hayd, Böhmerwald, Egerland e Podještědí, e um traje Moda Folclórica Bávaro.


Lustige Volkstanzgruppe Bergtal

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

Conhecer para preservar., foi com esse ideal que em 1995 a professora Silvia Drumm, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, reuniu seus alunos e iniciou aulas de danças folclóricas alemãs em São José do Caí. A semente lançada rapidamente frutificou, tanto que em abril de 1996, um grupo de jovens da localidade interessou-se pelas danças, como forma de entretenimento e lazer, iniciando-se assim os primeiros ensaios na Sociedade Cultural e Esportiva Lira, ministrados pela professora e componente Silvia Drumm Kich. Formaram-se as categorias Adulto e Infantil, porém não mais vinculados á escola, mas representando um grupo folclórico e a localidade de São José do Caí, situada nas margens do Rio Caí, povoada e colonizada por imigrantes pomeranos. Passos lentos e seguros foram dados, trajes simples, á moda folclórica foram confeccionados e a cada nova etapa vimos que  a dança, além de entretenimento e lazer, abriu portas para o resgate e a preservação da história, da nossa identidade e a cultura dos nossos antepassados até a atualidade. O nome do grupo significa: LUSTIGE: animado; VOLKSTANZGRUPPE: grupo de danças folclóricas; BERGTAL: vale entre morros, assim somos um animado grupo de danças folclóricas que fica situado no vale  do belíssimo Rio Caí


Schützenhaus Tanzgruppe

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O grupo foi fundado em 28 de abril de 1993, por alguns membros da Sociedade Cultural e Recreativa Tiro ao Alvo. O primeiro casal de professores e maiores incentivadores foram Ademir e sua esposa Cíntia. O repertório principal do grupo são as danças germânicas para casados, o que deu origem à principal característica do mesmo, ou seja, sua categoria de casacos.

Para enfatizar ainda mais sua história, os integrantes deste grupo escolheram os trajes típicos conforme a região de onde seus antepassados vieram. Com isto, os trajes diferem uns dos outros e transmitem, por seus tecido e cores, as tradições e lembranças das terras distantes, conhecidas entre os imigrantes como terra natal.

 


Volkstanzgruppe Edelstein

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O Volkstangruppe Edelstein foi fundado em 17 de agosto de 1994, na localidade de Fazenda Pirajá, município de Nova Petrópolis, teve como primeira coordenadora Yedda Leão Michaelsen. O nome do grupo significa Grupo de Danças Folclóricas Pedra Preciosa, sendo que a jóia mais valorizada pelo grupo é a amizade, e é através desta que o grupo tem por objetivo, resgatar, preservar e difundir a cultura germânica através da dança.
Ao longo de sua trajetória cultural, o Edelstein realizou inúmeras apresentações em eventos culturais, encontro de grupos, eventos públicos e privados, e bailes no município de Nova Petrópolis e em diversas cidades do Rio Grande do Sul. Já enviou representantes para países como República Tcheca, Alemanha e Argentina e também para alguns estados brasileiros. Nessas apresentações e viagens, o intuito sempre foi tornar conhecido o trabalho de preservação da identidade cultural germânica realizado em nosso município, a herança deixada pelos nossos antepassados, e das transformações que a preservação cultural operou na forma de pensar dos integrantes. Atualmente a categoria adulto possui aproximadamente trinta integrantes. 
Esse movimento de resgate não está presente somente nas danças, mas também nas vestimentas. A confecção dos trajes foi realizada após muitas pesquisas sobre os povos germânicos que se concentraram na localidade de Fazenda Pirajá no período da imigração. O primeiro traje foi confeccionado no ano de 1995, é um traje de moda folclórica, que buscava imitar a forma de vestir no conceito geral. O segundo traje, confeccionado em 1998, é uma representação da região de Hunsrück, às margens do Rio Mosela, é um traje de trabalho representado no contraste das cores escuras e claras. Há uma variação deste traje, com xale, touca e avental escuro para as senhoras casadas ou viúvas, diferente das peças claras para as moças solteiras. O terceiro traje é uma homenagem aos imigrantes vindos da Pomerânia, é um traje de gala que representa a região de Oppel. O quarto traje foi confeccionado em 2017, é um traje festivo, representando a Renânia do Norte - Vestfália, estado mais populoso da Alemanha, conhecido por sua diversidade cultural, bem como pela população alegre e trabalhadora. O traje é usado nos finais de semana, em cultos, Kerbs, bailes, ou outros eventos sociais como batizados, casamentos, desfiles ou até mesmo em funerais, como homenagem a quem partiu. 
Além do trabalho de preservação na categoria adulta, o Edelstein também incentiva a preservação cultural nas crianças, que são o futuro de todos os povos, e para tanto, foi criada em 04 de maio de 2002 a categoria Mirim/Infantil. Coordenada por integrantes do adulto, as crianças tem um maior contato com as tradições por meio de danças, canções e brincadeiras. O primeiro traje da categoria data do ano de 2002 é uma adaptação do segundo traje da categoria adulta (Hunsrück). O segundo traje confeccionado em 2011, representa a região do Tirol, que sofreu forte influência italiana do pós-guerra, incorporando cores mais vivas e detalhes mais sutis, como fitas e bordados, ao traje mais fechado dos alemães.
O lema do grupo é “Em cada passo uma história, em cada ritmo uma conquista, em cada sorriso uma realização”. As conquistas são fruto de muito trabalho, dedicação e comprometimento, realizado em parceria entre comunidade e integrantes do grupo ao longo da história. 
É com grande alegria e satisfação, que o Volkstanzgruppe Edelstein contribui para preservar a cultura, aquilo que lhes foi deixado de mais precioso por aqueles que batalharam por seus ideais. É observando as lutas do passado que se pode projetar um futuro de glórias. É contando e festejando as histórias que elas são passadas às futuras gerações permitindo a sua continuidade.


Volkstanzgruppe Freundschaftskreis

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O Grupo de Danças Folclóricas Círculo da Amizade foi fundado em 13 de julho de 1992, na localidade de Vila Olinda, sob iniciativa de Yedda e Jorge Michaelsen.
Formado por um grupo de amigos, descendentes de alemães, o grupo tem por objetivo resgatar a herança cultural de seus antepassados. Neste sentido, desenvolve um minucioso trabalho de pesquisa das coreografias e trajes apresentados, como também um intercâmbio com grupos folclóricos de diferentes regiões da Alemanha. Querendo desta forma, cultivar e divulgar o folclore, para manter viva a tradição e a identidade cultural de cada um de seus integrantes.
O grupo representa a localidade de Vila Olinda, que se caracteriza por ter recebido imigrantes de diversas regiões da Alemanha, servindo como elo de ligação de pontos de colonização mais antiga com o centro.
Atualmente, o Grupo de Danças Folclóricas Círculo da Amizade (Volkstanzgruppe Freundschaftskreis) é divido em três categorias: mirim, infantil e adulto, sempre incentivando os pequenos a participarem, ensinando a eles, além da dança folclórica, o cultivo e amor às tradições, com o objetivo de manter viva a identidade cultural local, contribuindo com a riqueza da diversidade que é o Brasil.


Volkstanzgruppe Tannenwald

De onde vem o grupo?
Nova Petrópolis - RS

O grupo possui mais de 40 anos de história. Em seu repertório, constam danças com música ao vivo, teatro e canto. A instituição preserva fortemente a cultura alemã na comunidade e possui como lema “Conhecer e divulgar para preservar a tradição alemã”.